VIVER É ASSIM

julho 13, 2018

A corda é bamba

E nos faz sambar

Nesse balanço

A gente caminha

Às vezes, desespero

Ás vezes, calmaria

A fé como farol

Orienta os passos

Que incertos,

Cheios de medo

Nos fazem recuar

Mas é preciso ir

Enfrentar os problemas

Resolver os dilemas,

Nem sempre são fáceis

Se quer fugir

Ignorar tudo

Para não sofrer

Mas, sofrer é preciso

Aprender também

E ainda que corda balance

Parecendo que vamos cair

Não podemos recuar

É preciso coragem

É preciso paciência

É preciso equilíbrio

Pois viver é assim

Anúncios

PASSAGEIROS

junho 8, 2018

Na vida, tudo passa

Passa a dor do desamor

Passa a vontade de chorar

Passa a sede

Passa a fome

Passa a mentira

Passa a verdade

Passa a desgraça

Passa o momento de graça

Passa a tristeza

Passa a melancolia

Passa a dor de quem se foi

Passa a falta de sorte

Passa também a sorte

Passa o sucesso

Passa o fracasso

Passa a falta de vontade

Passa a coragem

Passa o medo

Passa o problema

Passa a solução do dilema

Passa o quê se viveu

Passa o quê não se quis viver

Passa o quê foi perdido

Passa o quê era amor

Passa quem já foi amigo

Passa o desejo

Passa o lamento

Passa o constrangimento

Passa a arrogância

Passa a generosidade

Passa o quê se perdeu

Passa o quê se ganhou

Passa o quê era para vida inteira

Passa tudo de qualquer maneira

Passa o quê se fez de mau

Passa o quê se fez de bom

Passa a alegria

Passa a felicidade

Passa um dia de sol

Passa um dia de chuva

Passa o calor

Passa o frio

Passa a tempestade

Passa toda bonança

Passa, tudo na vida passa

E um dia, todos nós passaremos

Pois somos passageiros

Estamos de passagem

Ainda que alguns duvidem

Que a vida seja só uma viagem!


A DOR DA GUERRA

abril 20, 2018

A dor da guerra

Corta o coração da gente

Atinge só o inocente

Devasta toda cidade

 

A dor da guerra

Causa a mutilação

Só traz a destruição

Acaba com a felicidade

 

A dor da guerra

Atinge o fundo da alma

Deixando só trauma

Por onde ela passa

 

A dor da guerra

Nunca terá cura

É feito noite escura

Sem lua, sem graça

 

A dor da guerra

É o fim da flor

É um ataque ao amor

Por poder e vaidade

 

A dor da guerra

São lágrimas no rosto

Um amargo gosto

Esperando por piedade

 

A dor da guerra

Deixa órfã a criança

Põe um fim na esperança

Não deixa mais nada

 

A dor da guerra

É vida interrompida

Cicatriz e ferida

É o fim da estrada

 

A dor da guerra

É pra toda eternidade

Só deixa uma saudade

Que nunca acaba.


Eu te perdoo

março 30, 2018

Eu te perdoo

Por discordar das minhas opiniões

Por não aceitar as minhas escolhas

Por achar que estou errado

Por querer impor os seus gostos,

O seu jeito e os seus gestos

Por querer impor as suas vontades,

As suas verdades, os seus pensamentos

Eu te perdoo

Por não admitir-se equivocado

Por achar inocente, um culpado

Por preferir acreditar em mentiras

Por querer impor seus pontos de vistas,

Suas convicções e sua ideologia

Por querer que aceite as suas certezas

E suas ideias ultrapassadas

Eu te perdoo

Por essa sua cegueira

Por essa sua cabeça dura

Por toda essa ilusão

Por se recusar a negar

Que aquele seu grande herói

Sempre foi um grande vilão.


LIBERDADE

fevereiro 23, 2018

Quem é livre?

Uns dizem, nem o pensamento

Pois, por mais que ele voe

Sempre algo lhe prende

Será que é certo?

Será que é errado?

Quem me respeita?

Quem eu respeito?

Estou sendo intolerante?

Arrogante?

Avoado?

Despreocupado demais?

Independente?

Tudo sempre depende

O pensamento livre

Se prende em perguntas

E ainda que ele voe

Sempre algo lhe prende

Será por medo?

Qual é o risco?

Será que é seguro?

Aonde me prendo?

Estou sozinho?

Quem está comigo?

Amigo? Inimigo?

Parceiro?

Quem quer meu bem?

E o bem de quem?

Ninguém é livre

Até o pensamento se prende

Ainda que se prenda

Em quem não deveria

Questionamentos?

Eu devo? Não devo?

O quê te incomoda?

O quê me incomoda?

Aceito? Não aceito?

O quê importa?

Não importa

Pensamento precisa voar

Porque pensar, liberta

E a liberdade começa no pensar


GRATIDÃO

dezembro 22, 2017

Gratidão pelas pedras no caminho

Que me fizeram ser mais atento.

Gratidão por todas as dificuldades

Que me mostraram que nada é tão fácil

Gratidão pelas escolhas erradas

Que me mostraram o quanto me iludi

Gratidão pelos erros escancarados

Que me mostraram o quanto há a aprender

Gratidão pelos meus desesperos

Que me fizeram buscar o equilíbrio

Gratidão aos pequenos fracassos

Que me mostraram que o sucesso é perene

Gratidão por minha acomodação

Que me mostrou que é preciso ser resiliente

Gratidão pelas noites mal dormidas

Que me mostraram que há sempre uma saída

Gratidão pelas minhas frustrações

Que me mostraram que é preciso ter os pés no chão

 

Gratidão pelos amigos do caminho

Que mostraram o quanto vale a caminhada

Gratidão pelas soluções encontradas

Que mostraram que não dificuldade que não acabe

Gratidão pelas escolhas certas

Que me mostraram que estou na direção certa

Gratidão por tudo que fiz de certo

Que me mostrou ser sempre possível a correção

Gratidão pelos momentos felizes

Que me mostraram que a vida vale muito à pena

Gratidão pelos meus pequenos sucessos

Que me mostraram que o trabalho foi bem feito

Gratidão pelo meu otimismo

Que me mostrou que não se pode desistir

Gratidão pelas noites de sono

Que me acalmaram o coração aflito

Gratidão pela minha família

Que me mostrou que jamais estou sozinho.


TRISTEZA

dezembro 8, 2017

Ontem encontrei a tristeza

Estava triste de dar dó

Reclamava da solidão

Que nunca esteve tão só

Hoje ninguém lhe procura

Para chorar suas dores

Ninguém tem mais amargura

Ninguém sofre de amores

Todo mundo é feliz

Faz questão de mostrar

No sorriso da foto ninguém diz

Que está com o peito a sangrar

 

Hoje quem chora é a tristeza

Não tem com quem se consolar

Soluça seu pranto, sozinha

Esperando alguém lhe buscar

Hoje parece pecado ser triste

Só a felicidade que existe

O que importa é a casca de fora

Tudo mais, todo mundo ignora

Não há mais dor, só há beleza

Ser feliz é tudo o que se quer

Ninguém que mostrar a tristeza

Que ela fique em um canto qualquer


%d blogueiros gostam disto: