Eu te perdoo


Eu te perdoo

Por discordar das minhas opiniões

Por não aceitar as minhas escolhas

Por achar que estou errado

Por querer impor os seus gostos,

O seu jeito e os seus gestos

Por querer impor as suas vontades,

As suas verdades, os seus pensamentos

Eu te perdoo

Por não admitir-se equivocado

Por achar inocente, um culpado

Por preferir acreditar em mentiras

Por querer impor seus pontos de vistas,

Suas convicções e sua ideologia

Por querer que aceite as suas certezas

E suas ideias ultrapassadas

Eu te perdoo

Por essa sua cegueira

Por essa sua cabeça dura

Por toda essa ilusão

Por se recusar a negar

Que aquele seu grande herói

Sempre foi um grande vilão.

Anúncios

One Response to Eu te perdoo

  1. Lucas Freire disse:

    Texto sutil e envolvente mesmo com pouca palavras. Simplesmente genial. Também gosto de escrever poemas e são em leituras tão leves e impactantes que eu me inspiro. Agradeço por escrever e continue escrevendo. Seus textos são bons ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: