Quem nos libertará?


Estamos vivendo uma das piores crises do país, uma crise que atinge, em cheio, os três poderes da República e, escancara de vez, a que preço é feito a política no país. Uma crise que abriu uma ferida do tamanho do Brasil, no seio da população, que, no meio do tiroteio, vem sendo estimulada a se alimentar do ódio destilado pelas ideologias partidárias de lado a lado e que tem levado os conflitos as raias de um iminente confronto.

A verdade, é que de lado a lado, ninguém está mais pensando no Brasil neste momento de crise, enquanto a oposição cruza os seus braços num ato de retaliação contra os despautérios administrativos do governo, o governo, por sua vez, deixa de lado a sua governabilidade para salvar a reputação de seu partido político. O que fica claro, é que a vaidade, de lado a lado, tomou as rédeas da situação e está lutando pelo poder.

Acontece que o tempo vem passando rápido demais e abrindo ainda mais a ferida do desentendimento, pois, no ponto de vista de cada lado, o país só sairá da crise, quando cada qual, entregar os seus pontos. É a oposição lutando pelo impedimento constitucional da Presidente e o governo tentando convencer o povo que está à beira de um golpe. E nessa briga de gato e rato, fica cada vez mais claro que os três poderes não conversam mais.

O fato, é que as investigações sobre corrupção escancararam os porões da política do país e deixaram bem claro para a população que, organizações partidárias criminosas, sustentadas com o dinheiro sujo de empresas corruptas, governam o Brasil. No Município, no Estado e no Governo Federal, já não existe nem mais ética e nem mais moral. E, assim, bandidos, de lado a lado, se acusam e ainda levam com eles, parte da população para o confronto.

Não há a quem se possa defender. Da direita, para Esquerda, a contaminação da corrupção é sistêmica e já comprometeu a governabilidade do país. Ainda mais agora diante de um quadro, tão grave em que os três Poderes da República se acusam, buscando medir forças entre si, sem falar nas ameaças veladas do uso da força e de outras tantas arbitrariedades cometidas pelo governo contra a justiça e aos ataques da oposição e vice-versa.

A cada dia que passa, o que se pode tirar desse quadro que se apresenta, é que esquerda e direita não lutam mais pelo povo e sim para salvar as suas peles e usar o poder conquistado para colocar na cadeia, os seus inimigos. E, o povo vai se envolvendo e sendo envolvido nessa disputa, e nem se dá conta que está sendo usado como munição para alimentar o ódio no país, criando um clima hostil que não permite que se restabeleça a ordem e nos livre deste caos.

Quem nos libertará desta vaidade nefasta que tomou conta da política e está levando o país a um cenário tenebroso? Quem nos libertará desta arrogância que tomou conta de pessoas que se acham acima da lei e que estão causando a insegurança jurídica? Quem nos libertará desta ira que está disseminando o sentimento de vingança na população? Quem nos libertará desta mesquinhez de interesses pessoais que está afundando o país? Quem nos libertará?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: