O Vírus


O mundo anda em polvorosa por conta da descoberta de um novo vírus, aliás, dizem se tratar de um vírus antigo que agora sofreu uma mutação muito poderosa e que vem se espalhando pelos quatro cantos do continente. Os cientistas ainda não sabem muita coisa sobre ele, mas estudos preliminares dão conta que esse vírus é algo muito forte que pode causar uma verdadeira epidemia mundial.

Até mesmo as informações sobre os seus primeiros sintomas ainda causam controvérsias entre os pesquisadores. Na Universidade de Havard nos Estados Unidos, alguns estudos mostram que o vírus é altamente contagioso e sua transmissão se dá através do contato entre as pessoas, seja através de um beijo, um abraço, ou até mesmo um simples gesto de carinho, outros, porém, dizem que pode ocorrer a contaminação, mesmo sem nenhum contato.

As autoridades ainda procuram fazer mistério sobre a existência do tal vírus e evitam a todo custo sua divulgação, temendo que a população entre em pânico e a sua transmissão se torne algo fora de controle. Mas, algumas notícias já dão conta que muitas pessoas pelo mundo inteiro contraíram a forma leve do vírus, podendo desenvolver a forma mais forte, o que aumentaria o risco até mesmo de uma pandemia.

No Brasil, pesquisadores da USP e da UNICAMP tem se reunido quase que diariamente para estudar o caso, pois em algumas regiões brasileiras, o vírus vem se proliferando de uma forma muito veloz, quase que sem controle, o que vem tirando o sono das autoridades governamentais e até mesmo alguns segmentos da sociedade civil, pois, ninguém ainda sabe direito como lidar no caso de um contagio em massa e todos temem pela economia nacional.

O fato é que ainda não existe uma vacina capaz de combater de forma eficaz esse vírus, e o que os primeiros estudos apontam até agora é que ele é capaz de causar sintomas que alteram principalmente o comportamento das pessoas. Alguns relatos dão conta que a pessoa contaminada pelo vírus fica quase que irreconhecível. Mas é preciso acalmar a população, pois não há nada que demonstre que o vírus, embora seja altamente contagioso, cause risco de vida.

No entanto, a maior preocupação que recaí sobre esse vírus é a de uma pandemia mundial, que pode a vir afetar as relações exteriores das grandes potencias mundiais que vivem em conflito, bem como interferir nos desentendimentos das nações e dos povos que vivem se matando por territórios, ou por convicções religiosas, ou por afirmação de poder, ou ainda com aqueles que cometem atos de barbárie contra os menos favorecidos

O certo é que alguns pesquisadores acreditam na possibilidade desse vírus já estar vivendo encubado em todas as pessoas, ou até mesmo que toda criança já possa vir a nascer, contaminada. Eles estudam também, se houve algum tipo de transmutação genética que mascarou os sintomas, pois, experiências atestam que alguns adultos, contaminados, procuram disfarçar os sintomas e não assumem o contágio, enquanto outros acabam se rebelando.

A verdade é que todos tentam esconder da população que o vírus do amor pode se alastrar e acabar de vez com as guerras, com os conflitos religiosos, com as discórdias, com a violência, porém, há muita coisa em jogo, por isso, os grandes Chefes de Estado e alguns setores da sociedade, fazem de tudo para não deixar que o vírus do amor alcance um grau de pandemia mundial, pois isso seria terrível para todos os negócios desse mundo capitalista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: