A Família abandonou a Educação


Muito tem se discutido sobre os rumos da educação escolar, apontam vários fatores que poderiam responder como possíveis responsáveis pelo fracasso do ensino regular, mas talvez um ponto muito importante dentro dessa engrenagem esteja sendo por demais, desconsiderado: A Família. A impressão que fica é que a Família abandonou a Educação.

E quando falo da Educação, não estou falando daquela ensinada nas escolas, mas sim daquela que deve ser ensinada em casa, pelos pais ou responsáveis pela criação da criança, daquela que procura passar os valores de ética e cidadania, daquela que prepara a criança para a vida adulta, daquela que molda o caráter da criança, pois é justamente essa que vejo sendo relegada.                    

Parece-me que os pais ou responsáveis tem se omitido muito de suas respon-sabiidades e as transferindo para a Escola, deixando a cargo dos professores, funções e tarefas que deveriam ser executadas exclusivamente por eles e o que vemos, são crianças que não cumprem regras, sem limites, desrespeitosas e com uma visão distorcida de valores básicos do que seja ética e cidadania.

O conceito básico de educação é ensinar, instruir, orientar, mas o que tenho notado é que esse conceito tem se mostrado distorcido, pois muitos pais têm demonstrado um comportamento permissivo, de super proteção e muito condescendentes para com as atitudes de seus filhos que, ao invés de contribuir para formação de uma criança sabedora de suas obrigações, tem gerado crianças com fortes desvios de comportamento.

É certo que muitos ainda continuarão se eximindo de suas responsabilidades e continuarão a transferi-las, principalmente às Escolas e aos professores, outros até darão a desculpa de que trabalham demais e precisam suprir as suas ausências com atitudes permissivas e com excesso de proteção, mas enquanto a Família não reconhecer as suas obrigações na criação das crianças, o que veremos é uma escola cada vez mais decadente.

Não adianta nada reclamar dos problemas nas escolas, das ineficiências dos professores, da qualidade do ensino, disso e daquilo, se dentro de casa, a educação de uma criança não se mostrar primordial para a Família, pois, pior do que qualquer excesso na intenção de educar é a omissão da responsabilidade que é criar um filho. Educação não é apenas ensinar uma criança a ler e escrever, é formar um cidadão e, parte disso, é responsabilidade da Família.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: