Fazer arte é o meu trabalho


Quando se pensa em arte, a primeira coisa que nos vem à cabeça é que arte é uma opção de diversão, correto? Arte, acima de tudo, é entretenimento, é o que nos ajuda a relaxar, o que nos alivia a tensão, o que nos faz esquecer dos problemas, mas, antes de qualquer coisa, arte é um trabalho e um trabalho duro. Tão duro como qualquer outro.

A diferença é que esse trabalho duro é realizado, quase sempre, nas horas de folga de outros tantos trabalhos duros. É na hora do descanso de uns, que os artistas mostram o seu trabalho. Acontece que esses trabalhadores que se divertem, não enxergam a arte como fruto de um trabalho, apenas o resultado da diversão que os alimenta. Ora, fazer arte é o meu trabalho!

Enquanto alguns estão batendo ponto nas repartições, o cartão nas indústrias, nos bancos, nos escritórios, atendendo o público nas lojas, nas feiras, nas padarias, nós, artistas, também estamos trabalhando. Do mesmo jeito que produzem em seus empregos, o artista está lá, no palco, ensaiando sua peça, no estúdio, gravado sua canção, no quarto, escrevendo o seu texto, o seu livro.

Outra coisa muito engraçada é quando perguntam ao artista que não trabalha na televisão o que é que ele faz. Ora, fazer arte é o meu trabalho! Não estar nas TVs, não significa que não seja artista. O artista não vive só de televisão, fazer arte é o seu trabalho e, para isso, não é preciso estar apenas na TV, ou batendo ponto, cumprindo jornada de trabalho ou qualquer coisa que o valha.

Não encare o artista como um desocupado, pois essa é uma visão distorcida e até preconceituosa da parte de alguns. É bom lembrar que é o artista que produz o alimento que sacia a fome da alma de todos. O que cada artista apresenta é o resultado de horas e horas de muito trabalho, que precisa ser executado sem ordem de ninguém, com muita disciplina e sem jornada a cumprir.

Fazer arte não é viver a vida sem compromisso, muito pelo contrário, para fazer arte se necessita muito mais do que compromisso, é preciso dedicação, quase sempre não reconhecida. Fazer arte não é viver a vida sem responsabilidade, muito pelo contrário, para fazer arte se necessita muito mais do que responsabilidade, é preciso se entregar sem saber se será valorizado.

Portanto, não pensem que fazer arte é a mais pura diversão, pois, não é! Arte até pode ser diversão quando do seu resultado final, mas, antes que ela se torne uma diversão para todos, é o meu trabalho, digno, honesto e tão duro quanto qualquer um.   

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: