AMOR DE PAI


Amor de pai

É amar o filho incondicionalmente

Mas jamais deixá-lo ser intransigente

É amar o filho apesar de tudo

Mas jamais deixá-lo fazer tudo

É amar o filho com o coração

Mas nunca temer dizer-lhe um não

É fazer do filho um ser humano

E não deixá-lo cometer desenganos

É fazer do filho uma pessoa de quem se orgulhar

E jamais alguém que tenha que acobertar

É fazer do filho alguém de verdade

E jamais permitir atitudes covardes.

 

Amor de pai

É estar ali presente, mesmo que distante

E mostrá-lo com atitudes o que lhe vem adiante

É entender a rebeldia, mesmo que indevida

Mas mostra-lhe o quanto vale uma vida

É fazê-lo entender que o amor é que importa

Que há de se ter respeito

Que há de se carregar no peito

Um coração

Que não há ninguém melhor do que ninguém

E deixá-lo perceber que sempre haverá alguém

Que saberá lhe dizer um não

Que colocará freios nas suas atitudes desmedidas

Ma que estaria disposto a acompanhá-lo por toda vida

E estará sempre disposto a lhe fazer feliz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: